Alopecia por Tração?

Alopecia por Tração?

Alopecia por Tração

A Alopecia por Tração, nada mais é que o surgimento de áreas calvas resultantes da atrofia do bulbo capilar devido às constantes agressões sofridas pelo mesmo.
Não significa que o rabo de cavalo seja ruim, porém o constante “puxa-puxa” pode provocar estas lesões a longo prazo.
Doutora como isso acontece?

Pode ocorrer de três formas:

➡ Tricotilomania: hábito, mania ou compulsão por arrancar os próprios cabelos. Trata-se de um distúrbio que não se verifica tão frequentemente, pois, em razão de os tricotilomaniacos se envergonharem do próprio comportamento.
➡ Conversão telogena: a tração provocada por penteados, pelo uso de chapinhas e/ou de bobes, entre outros exemplos, danifica a tal ponto a base na qual os fios nascem que o corpo pode chegar a parar de produzi-los.
➡ Processamento excessivo: desencadeado por demasiados tratamentos químicos com descolorantes, tinturas e alisantes. Estes produtos, se usados de modo desordenado, enfraquecem as estruturas até que as mesmas se atrofiem.

O diagnóstico de alopecia por tração não precisa de exames laboratoriais, mas o médico deve fazer uma avaliação física cuidadosa, além de uma revisão do histórico do paciente.
Se notar o surgimento ou aparecimento de áreas ou quedas constantes, procure o seu médico dermatologista de confiança, pois lhe ajudará analisando o seu caso, qual tratamento o mais indicado.

Alopecia por Tração

Responder